Pesquisar este blog

sexta-feira, dezembro 07, 2012

... e a Cebola continua

Só complementando sobre o uso da cebola, o seu uso esta baseado na caracteristica côncavo-convexo de alguns objetos. É o que ocorre com os cubanos que usam pedaços de coco.

Os cubanos fazem como o Candomblé, ao invés de usarem o Obi, se acostumaram a usar pedaços de coco como instrumento de oráculo. Contudo no caso do uso do coco não é igual ao da Cebola, porque, nos cocos, não dá para ter controle do resultado como pode ser feito com a cebola.


Mas o instrumento é semelhante, cada pedaço é de uma lado côncavo e do outro convexo. Esta mesma fisiologia faz com que se façam correntes de Opele sem usar a semente de Opele, elas são substituidas por um pedaço de alguns materiais que tenha uma lado côncavo e outro convexo.


Essa característica com certeza é a base para o uso da Cebola, assim, ela não necessita ser descartada como um instrumento.


Mas, como eu disse, o coco é um instrumento adequado, a Cebola não. O uso da cebola como instrumento de oráculo, em princípio não fere nada de grave. Ela não deveria ser usada porque não é adequada, não se presta a ser usada em uma sequencia de jogadas como é necessário.


O principal motivo de sua popularidade, na minha visão, é o fato das pessoas darem um jeito para sempre dar SIM e elas não saberem como lidar com qualquer outra resposta que não o SIM.