Pesquisar este blog

segunda-feira, agosto 31, 2015

Ifá, Candomblé e Umbanda

A diferença entre eles


Introdução



O objetivo deste texto é mostrar diferenças entres essas 3 práticas religiosas. São 3 correntes distintas que convivemos e existe um aspecto que acho relevante abordar. Existe uma curiosidade de pessoas que seculares, que não fazem parte delas, por elas e uma natural confusão do que se tratam e também existe uma certa curiosidade interna de pessoas entre elas.

Eu vejo essas 3 como opções muito diferentes e distintas, não existe de fato mobilidade entre elas e desta forma decidi colocar minha opinião. Não escrevo por popularidade e sim por informação e sem dúvida, pessoas que já pertençam a alguma delas poderão discordar da minha visão. Eu lembro que isso é normal, opinião cada um tem a sua. Eu manifesto e explico a minha, quem tem essa capacidade e tempo que o faça também.

Eu me sinto com propriedade para falar deste tema porque tenho uma relação longa e íntima com as 3 correntes religiosas, além disso uma relação bem resolvida e carinhosa. O objetivo de escrever é porque vejo pessoas que se interessam por todos, ou que são de um deles e se interessam pelo outro ou mesmo que fazem parte de vários. Assim, seja para quem está dentro ou para quem está fora tentarei colocar uma luz religiosa e prática nessa visão.

Minha visão sempre passa por Ifá, claro e não tenho pretensão de me aprofundar aqui na relação que as pessoas sustentam entre Umbanda e Candomblé. Já produzi alguns textos sobre isso que devo inclusive republicar, como tenho feito. Creio que já expliquei que muitos bons textos foram publicados por mim neste Blog, apesar de estarem na barra de histórico que fica à direita, nem sempre as pessoas pesquisam nela, dessa maneira, de tempos em tempos eu retomo os textos mais antigos, com assuntos interessantes, faço uma revisão e atualização do conteúdo e republico.

Falar sobre esse assunto não é uma tarefa simples para quem quer ser objetivo. Existe a visão de quem não pertence a nenhum desses cultos e quer saber o que são, tem a visão de quem está em um deles e quer saber sobre o outro, tem a visão da teologia em si e outras mais. Espero ser bem-sucedido e decepcionar uma quantidade menor de pessoas.


Mas, vamos ao nosso tema.