Pesquisar este blog

sábado, setembro 24, 2011

Os fatos sobre o sacrificio secular

Um amigo chamou a atenção sobre um movimento de pessoas no Facebook contra uma pessoa no Sul um deputado que luta pelo direito da liberdade religiosa de fazer as suas liturgias.

Fui ver. São pessoas ignorantes, idotas e de mau-carater.

Gente que diz que as religiões fazem torturas e sacrificios com animais. Veja, como eu expliquei nos textos anteriores, muitas religiões o fazem. Os Judeus fazem, os islamicos fazem, os candomblecistas fazem. Isso no Brasil. Mas dizer que essas pessoas torturam animais? Isso é demais.

Assim ou a pessoa é mau-carater ou é burra mesmo.

Eu com sinceridade gostaria de sabe se aquelas pessoas eram vegetarianas. Mais um pouco gostaria de saber se a mãe e o pai delas também eram, e se os filhos também eram. Só isso poderia justificar elas se darem ao trabalho de postar em uma rede social.

A sociedade é onivora.

Assim as pessas que comem carne pagam pessoas para sacrificarem animais em nome delas. Elas apenas vão no supermercado e compram a carcaça do animal que foi sacrificado com requintes de crueldade.

Eu tenho uma filha que é veterinária e gostaria de relatar como as pessoas que sacrificam animais para os onivoros fazem.


Gado:

O gado é assim ele é transportado para o matadouro. Lá ele fica 12 horas sem comer. 6 horas antes eles param de dar agua. Quando o boi vai ser morte ele esta faminto e sedento.


Eles entram em um corredor da morte chamado de agulha. o boi ve o da frente ser morto e tenta sair mas o corredor não dá espaço para nada. Ele baba, se desepera e enche o sangue de adrenalina.


Quando chega na sua vez ele é atordoado por uma marreta na cabeça ou uma pistola hidraulica. Imediatamente ele é suspenso para ser sangrado. Muitos abatedouros não esperam o boi morrer por sangramento. Ele já começam  cortar os membros do boi com ele vivo.


Galinhas

Bastante interessante. São transportadas em caminhos, muito apertadas. muitas morrem no caminho, ficam aguardando  horas até serem penduradas de cabeça para baixo eletrocutadas e sangradas.


Pintos

Não interessam as granjas. são descartados, jogados fora ou então moidos e transformados em caldo de galinha, isso esse que você compra em cubinhos - pinto moido.

Vitelos

Quem não come uma carne de vitelo em um restaurante Italiano? vem recheando os canelones.


É assim. O bezerro nasce, os masculinos são separados enem dão a primeira mamada. são levados para um local escuro, pendurados e alimentados com sonda. Não podem criam musculo nenhum. São mortos com a carne totalmente mole. Nunca vão ver a luz do dia.






Existem muitos  filmes sobre o assunto no Youtube. Eu recomendo que vejam:

http://www.youtube.com/watch?v=AglOIgqTqfI


http://www.youtube.com/watch?v=dztaOGhDB_Q&feature=related


http://www.youtube.com/watch?v=bImif0Y9wEc


http://www.youtube.com/watch?v=hPdKhtlnqR0&feature=related


http://www.youtube.com/watch?v=jMEfLd__G6A&feature=related


http://www.youtube.com/watch?v=v6XI1rFy2zw&feature=related




Nenhum desses casos envolve religião. 


A tortura de animais é particada diariamente aos milhões para alimentar as pessoas. Você mesmo que como carne. O fato de comprar no supermercado congelada ou resfriada não faz você menos cumplice do processo.


Você é na realidade o MANDANTE da tortura.


Por essa razão, pessoas que acusam religiões de matriz africana de torturarem animais são em primeiro lugar ignorantes, porque essas religiões não torturam. Em segundo lugar são idiotas porque muitas religiões fazem o mesmo. Em terceiro são hipócritas porque quase todas elas são onívoras e comem carne produzida com métodos cruéis.


Todas as religiões que cuidam elas mesmas do sacrificios de animais, fazem para consumo humano e tem a preocupação de consumir uma carne que não submeteu o animal a maus-tratos e à tortura. Pessoas religiosas não querem comer carne carregada de sangue, ódio e dor.